Capoeira em Múltiplos Olhares: estudos e pesquisas em jogo

Frete Grátis
Código: 000561 Marca:
R$ 120,00
até 6x de R$ 22,10
ou R$ 116,40 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: Disponível
    • 1x de R$ 120,00 sem juros
    • 2x de R$ 61,43
    • 3x de R$ 41,91
    • 4x de R$ 32,15
    • 5x de R$ 26,15
    • 6x de R$ 22,10
  • R$ 116,40 Boleto Bancário
  • R$ 120,00 Entrega
* Este prazo de entrega está considerando a disponibilidade do produto + prazo de entrega.

Autoria: Antônio Liberac Cardoso Simões Pires, Franciane Simplício Figueiredo, Paulo Andrade Magalhães Filho, Sara Abreu da Mata Machado (organizadores)

Editora : Fino Traço Editora / Editora UFBA
ISBN : 9786599013713
Páginas : 678
Publicação: 2020   2º Edição
Encadernação : Brochura

Sinopse

Os trabalhos demonstram que as práticas dos capoeiras não são singulares, atravessando grupos sociais diversos, revelando a sociedade brasileira. Talvez isso tenha capacitado os capoeiras, ou alguns capoeiras, a se tornarem capoeiristas, a lutarem contra as ações repressivas sustentadas pelo artigo 402 do código criminal de 1890 e transformarem a capoeira em luta marcial, esporte e educação física. Os representantes de diversos grupos sociais, praticantes da capoeira, se reuniram novamente. Já não era mais Camisa Preta, Manduca da Praia, Antonio Boca de Porco e Nascimento o Grande. A reunião objetivou colocar a capoeira entre as lutas internacionais, sendo ela a única nacional, construída no Brasil; essas foram as alegações dos principais protagonistas. Surgiram mestre Zuma, mestre Bimba, mestre Sinhozinho, mestre Pastinha, novas abordagens, novas fontes, novos objetos para um mundo dos capoeiristas que (re)inventavam uma tradição.

Sumário

Apresentação da Coleção Uniafro

 

Apresentação

 

Prefácio

 

PARTE 1 - EDUCAÇÃO

CapÍtulo 1. A construção coletiva de uma proposta pedagógica para a capoeira

Gláucio Anacleto de Almeida (Cuité)

Capìtulo 2. Alguns apontamentos sobre capoeira e educação para a diversidade

José Luiz Cirqueira Falcão

CapÍtulo 3. Educação, arte e subjetividade:um encontro possível?

Cesar Barbieri

CapÍtulo 4. Capoeira e educação de crianças: dialogando sobre prática pedagógica e formação humana

Jean Adriano Barros da Silva

Capìtulo 5. Capoeira e transmissão de saberes

Franciane SimplÍcio

Capìtulo 6. Com a Africanamente Experiência etnográfica em um grupo de capoeira angola em Porto Alegre

Marco Antonio Saretta Poglia

Capítulo 7. Jogo de muleeke na capoeira angola: educação para a diversidade

Sara Abreu da Mata Machado • Rosângela Costa Araújo

 

PARTE 2 - HISTÓRIAS

Capítulo 8. A capoeiragem no Amazonas (1905 a 1980)

Luiz Carlos de Matos Bonates

Capítulo 9. A tradição oral: uma viagem com “Mestre Noronha” pela capoeira soteropolitana (1890-1930)

Antonio Liberac Cardoso Simões Pires

Capítulo 10. As práticas sociais malandras dos capoeiras de outrora

Adriana Albert Dias

Capítulo 11. “Batuque não é pecado”: capoeira e outros brinquedos nas festas de largo em Feira de Santana-BA (1970-1985)

Josivaldo Pires de Oliveira

Capítulo 1 2. Capoeira, arte crioula

Matthias Röhrig Assunção

Capítulo 13. Da capoeiragem: a capoeira, a violência, o esporte e a cultura popular em debate no Rio de Janeiro

Gabriel da Silva Vidal Cid • Maurício Barros de Castro

Capítulo 14. Reflexões sobre a capoeira e o espaço público urbano em sua trajetória histórica

Felipe do Couto Torres

Capítulo 15. Vadios, desordeiros e valentões: a luta social

Pedro Rodolpho Jungers Abib

 

PARTE 3 - IDENTIDADE, TRADIÇÃO E GLOBALIZAÇÃO

Capítulo 16. A dádiva e a dívida: hierarquia e igualdade em escolas de capoeira no Rio de Janeiro e em Paris

Simone Pondé Vassallo

Capítulo 17. Capoeira: a malícia e a filosofia da malandragem

Nestor Capoeira

Capítulo 18. Capoeira, identidade, tradições e globalização

Helio José Bastos Carneiro de Campos (Mestre Xaréu)

Capítulo 19. Mil voltas ao mundo: notas sobre a globalização da capoeira

Elson de Assis Rabelo

Capítulo 20. O jogo da tradição angoleira nos anos 80

Paulo Andrade Magalhães Filho

Capítulo 21. O mundo de pernas para o ar

Letícia Vidor de Sousa Reis

 

PARTE 4 - MÍDIAS, GÊNERO E ARTES

Capítulo 22. Capoeira, música e transe

Flávia Diniz

Capítulo 23. Compartilhando capoeira angola no Orkut e no Facebook

Cecilia Tamplenizza

Capítulo 2 4. Elas gingam

Rosangela Costa Araújo

Capítulo 25. Imagens do filme “Dança de guerra na diáspora africana”

Luís Vitor Castro Júnior

Capítulo 26. m’bolumbümba: capoeira regional, experiência e composição

Guilherme Bertissolo • Lia Sfoggia

Capítulo 27. Mulher na capoeira: interfaces entre gênero e reafricanização da tradição no processo de legitimação da capoeira angola

Christine Nicole Zonzon

Capítulo 28. O transe capoeirano e uma pesquisa em dança e capoeira.

Gabriela Santos Cavalcante Santana

 

PARTE 5 - POLÍTICAS PÚBLICAS

Capítulo 29. A capoeira na pauta das políticas culturais: o patrimônio

Neuber Leite Costa

Capítulo 30. Capoeira e turismo – dados para uma política pública para a capoeira no estado da Bahia.

Tâmara Azevedo

Capítulo 31. Jogos (re)negociados: a institucionalização da capoeira no sistema penitenciário paranaense a partir das memórias de mestres egressos

Ariana Guides • Magda Luiza Mascarello

Capítulo 32. O lugar da capoeira nas ações governamentais no Brasil em perspectiva histórica

Vivian Fonseca • Luiz Renato Vieira

Capítulo 33. Participação e políticas públicas: ações da salvaguarda da capoeira do IPHAN-MG

Priscila Soares de Paiva Campos Moreira

Capítulo 34. O Grupo Senzala de Capoeira e processos culturais no Brasil. Uma homenagem no Primeiro Encontro Internacional de Pesquisadores da Capoeira (2013 – Cachoeira - Ba)

Anexo 1: imagens artísticas de Anderson santos

Anexo 2: I congresso internacional de pesquisadores da capoeira: imagens

Produtos relacionados

R$ 120,00
até 6x de R$ 22,10
ou R$ 116,40 via Boleto Bancário
Comprar Estoque: Disponível
Pague com
  • PagHiper
Selos
  • Site Seguro

Fino Traço Editora - CNPJ: 07.028.685/0001-23 © Todos os direitos reservados. 2022